Cartões de crédito

Cartão de crédito pode ser direto com as adquirentes ou via intermediários. Inclusive alguns adquirentes também já aceitam cartões de débito.

Enfim o que são intermediários e adquirentes?

Adquirentes são as empresas que operam diretamente os cartões de crédito e débito. Por exemplo:

  • Cielo (antiga visanet)
  • Rede (antiga Redecard)
  • Stone
  • Getnet
  • Paggi
  • Bin

Nestes casos a loja virtual transacional diretamente com as adquirentes sem intermediários. Para transacionar diretamente com adquirentes sempre é recomendado utilizar um gateway.

Intermediários são meios de pagamento que basicamente intermediam a conexão da loja com os adquirentes e agregam serviços de antifraude a cada transação, obviamente cobrando uma pequena taxa sobre as transações.

Alguns dos intermediários mais conhecidos e utilizados:

  • PagSeguro
  • Pagar.me
  • PayU (antigo pagamento digital)
  • MercadoPago
  • Wirecard (antigo moip)
  • Paypal

Definitivamente para quem está começando uma loja virtual é recomendado o uso de intermediários. É mais fácil e mais cômodo, principalmente devido a questão de fraudes (quando se opera com cartões de crédito), o famoso chargeback. Os intermediários já prestam esse serviço, isentando o lojista desta preocupação. 

Dica:

Alguns intermediários tiraram a garantia de proteção de charge back do serviço padrão para poder exibir tarifas mais baixas. Antes de contratar um intermediário consulte a garantia de proteção de charge back.

Chargeback é quando uma compra que foi aprovada pela administradora do cartão de crédito não é reconhecida pelo proprietário do cartão. Sendo estornado o pagamento do lojista. Este é um assunto extenso e podemos falar sobre ele em um tópico futuro.

Então explicando o que são adquirentes e intermediários. Alguns adquirentes além de cartões de crédito e débito passaram também a oferecer serviços de boleto bancários, caso de Cielo e Stone. Intermediários de longa data já oferecem a opção de boleto bancário também.

Em relação a taxas, elas variam muito e vão de segmento a segmento, então os valores que passamos no curso, são apenas ilustrativos, você pode contratar o serviço principalmente das adquirentes e pode ter uma taxa maior ou menor.

Normalmente as adquirentes cobram uma taxa de 2.99% até 3.99% sobre a transação aprovada no cartão de crédito, e normalmente 0.5% inferior para transações no débito. Mas lembre-se sem antifraude e sem garantia de recebimento incluso.

Os intermediários trabalham com taxas que variam de 3.99% até 6.5%, já com antifraude e garantia de recebimento.

O prazo de recebimento dos adquirentes é igual aos das maquinetas, se for à vista é em 30 dias, se for parcelado é conforme as parcelas, 30, 60, 90, etc … isso pode ser antecipado junto ao seu banco, obviamente com custo extra.

Então esteja muito ciente que parcelar em 3 ou 6 vezes sem juros, o custo sai do seu bolso. Você terá que embutir isso na sua margem.

O prazo de recebimento dos intermediários normalmente é de 14 ou 30 dias. Taxas menores como o Pagar.me que cobra 3.99% + R$ 0,40 por transação aprovada, o prazo de recebimento do dinheiro é de 30 dias. Inclusive é possível negociar para receber em 14 dias, porém a taxa sobe.

Importante: Nosso objetivo aqui não é indicar ou recomendar nenhum meio de pagamento. Sempre consulte e pesquise as taxas no site dos meios de pagamento. As taxas aqui exibidas podem, e provavelmente mudaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *