Indexação orgânica

Basicamente é aparecer nos resultados dos sites de pesquisa (Google e Bing) sem pagar. É o santo graal do marketing digital.

Para se conseguir uma indexação orgânica muito boa é necessário ter um bom SEO em sua loja virtual. SEO quer dizer Search Engine Optimization, ou seja, o site ser otimizado para ser bem visto e quisto pelos buscadores.

As plataformas de e-commerce devem tratar este assunto com muito carinho e ser uma preocupação constante: “estar atento às novas exigências propostas pelos robôs dos buscadores”.

Isso é um tema complexo e de atenção constante, porém não adianta fazermos a nossa parte se o lojista não fizer a sua.  Em termos de indexação orgânica citamos que é muito importante por parte do lojista:

  • Nome do domínio curto e de preferência condizente com o seu negócio (é muito bom quando se tem a palavra chave no nome do domínio);
  • Nome dos produtos que reflitam o nome do produto o qual o consumidor conhece o produto;
  • Nome da imagem do produto igual ao nome do produto;
  • Descrição do produto detalhada na página do produto (conteúdo);
  • Link externos válidos apontando para o site (quanto mais melhor);
  • Tempo de vida (domínios antigos) e disponibilidade do site (sempre no ar);
  • Geração constante de sitemap (pelo menos uma vez por semana);
  • Utilização plena do Google Search Console (antigo Google Webmasters);
  • Velocidade do site (cuidar com as imagens e plugins);
  • Ser responsivo (isso a plataforma já é);
  • Uso de favicon:

Existem empresas que fazem análise de SEO, mas sinceramente isso não é tão necessário em nossa plataforma. Automatizamos muitos aspectos relacionados ao SEO e cuidamos de todo código para que seja bem visto. O lojista seguindo os passos acima é um bom começo.

Obviamente se estiver em um mercado muito concorrido e for um domínio novo, nem mesmo contratando uma empresa especialista em SEO a loja terá um posicionamento excepcional no primeiros seis meses. Este é um trabalho a longo prazo. Só para se ter ideia são dezenas de fatores que são analisados para posicionar um site na indexação do Google.

Cito inclusive que recentemente adicionamos novas exigências em termos de SEO como microdata, tag href lang, novo padrão de sitemap. E nossa plataforma tem integração com Google Search Console.

Vale a pena citar dois pontos importantíssimos que farão muita diferença: conteúdo e links externos válidos. Descrições detalhadas, com títulos, no mínimo 300 palavras e que não sejam cópias de outros sites.  Links externos válidos são basicamente links em outros sites que apontam para o seu site. Porém os sites onde estão links estão são de suma importância e quanto mais relevantes forem estes sites, maior o peso da validade da “indicação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *